Quer saber quanto o seu namoro vai durar? Confira seus níveis de oxitocina…

‘Não sou um vampiro, amor, só estou verificando seus níveis de oxitocina

Achei interessante essse assunto e resolvi compartilhar com vocês:

Saiba quanto o seu namoro vai durar”. Até parece o título de um teste de revistas para garotas adolescentes – nada contra, todo intervalo de aula eu e minhas amigas de colégio revezávamos revistas (cada mês era a vez de uma comprar a publicação) para fazer os tão esperados testes. Mas buscamos resultados um pouco mais científicos. Por isso achei bacana compartilhar com vocês um estudo que afirma que os níveis de oxitocina no sangue de um casal podem prever a duração de seu relacionamento.

A oxitocina é conhecida no mundo da ciência como o hormônio do amor. Ela é produzida no hipotálamo (uma região do cérebro) e é responsável por contrações uterinas na hora do parto e faz parte do processo de produção de leite nas mulheres. Mas, tanto nos rapazes quanto nas moças, é liberada (em maiores ou menores quantidades) quando a pessoa está junto de seu parceiro. Quando este hormônio entra em ação, há uma diminuição dos níveis de cortisol, o hormônio do estresse, no organismo.

Com isso em mente, cientistas da Universidade de Bar-Ilan, de Israel, entrevistaram 60 casais, com idades entre 20 e 30 anos, que começaram seus relacionamentos até 3 meses antes do início do estudo. Além da entrevista, os níveis de oxitocina no sangue de cada moça e rapaz foram medidos. Depois essas amostras foram comparadas com a de solteiros e foi verificado que os níveis do hormônio do amor nos casais era, em média, praticamente o dobro do que nos não-comprometidos.

Os cientistas foram além e acompanharam os casais periodicamente. Analisando as amostras do sangue deles durante o estudo, eles verificaram que aqueles que ficavam juntos por mais tempo mantinham estáveis os níveis de oxitocina dos primeiros meses de namoro e, já na primeira medição, tinham uma maior quantidade do hormônio no sangue. Já aqueles que terminaram o relacionamento tiveram um declínio na produção de hormônio, mesmo meses antes do término e, normalmente, começavam com níveis mais baixos de oxitocina.

De acordo com os pesquisadores, os casais com mais oxitocina no sangue sempre exibiam mais afeto durante as entrevistas: buscavam as mãos um dos outros e se olhavam com mais frequência.

Fica a pergunta: quando vamos ter um medidor de oxitocina portátil para fazer testes confiáveis sobre a duração de nossos relacionamentos?

Ok, ok, é meio (nerd) maluco testar o sangue do namorado/a todo mês, já entendi o recado.

Você tem uma fórmula própria para prever a duração de um relacionamento? Compartilhe suas ideias comigo através dos comentários aí embaixo.

Postagem original de:

http://colunas.revistagalileu.globo.com/formuladoamor/2012/09/11/quer-saber-quanto-o-seu-namoro-vai-durar-confira-seus-niveis-de-oxitocina/.

Por:Luana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s