O que é TOC?

Um dos transtornos comportamentais mais comuns atualmente é o TOC (transtorno obsesivo compulsivo).  São “manias” que acabam atrapalhando a rotina e a convivência social de uma pessoa.

Saiba mais sobre o assunto:

TOC é a abreviação de Transtorno Obsesivo Compusivo

  TOC é um transtorrno de ansiedade que se caracteriza-se por pensamentos obsesivos. Esses pensamentos são idéias persistentes que causam angustia e anciedade. Esse transtorno comsome mais de uma hora por dia das pessoas portadoras pois as obseções são geralmente constante depois de que ela comesou. As obsessões vêm acompanhadas de compulsões, pois as pessoas com TOC tentam afastar suas obsessões pondo em prática algumas compulsões, como por exemplo:

  • Lavar as mãos constantemente, a ponto de torná-las avermelhadas e inflamadas;
  • Verificar incessantemente se desligou o fogão ou o ferro, devido a um temor excessivo de incendiar a casa;
  • Contar certos objetos sem parar, por uma obsessão de vir a perdê-los.

Diferentemente dos atos de jogar ou beber compulsivamente, as compulsões do TOC não trazem nenhum prazer ao indivíduo, sendo realizados apenas para obter alívio do desconforto provocado pelas obsessões.

Os sintomas obsessivos mais comuns são:
Presença de pensamentos invasores, ruminativos e difíceis de serem afastados com a vontade. Os temas mais comuns desses pensamentos são:

  • Temas relacionados a sujeira e contaminação: um pavor de se sujar ou contaminar com suor, pêlos, germes, etc.;
  • Temas desafiadores: como resolver compulsivamente quebra-cabeças, fazer contas (por exemplo, sentir-se obrigado a somar os números de todas as chapas de carro), etc.
  • Temas violentos: como ter pensamentos horríveis sobre matar o filho, matar alguém, imaginar que tenha ferido ou ofendido outras pessoas;
  • Temas profissionais: como terror infundado de perder tudo, ser demitido e humilhado, etc.
  • Pensamentos sexuais urgentes e intrusivos;
  • Dúvidas morais e religiosas;

Uma das maneiras que essas pessoas encontram para diminuir a ansiedade provocada pelos pensamentos obsessivos, e através de rituais, que com o tempo acabam por se tornar compulsivos. Os rituais mais comuns são:

  • Rituais de checagem: verificar ou examinar repetidamente situações, como por exemplo se o gás está fechado, se a torneira está fechada, a porta trancada, etc.

  • Rituais de limpeza: lavar repetidamente as mãos, roupas, objetos de uso pessoal, etc.

  • Rituais de ordem: colocar objetos de forma invariavelmente igual, seguindo um determinado padrão, como arrumar compulsivamente as camisas ou meias sempre numa mesma ordem, etc.

  • Rituais de coleção: como juntar coisas sem uma finalidade, como jornais velhos, tampas ou latas de cerveja, etc.

  • Rituais de destino: como ter que levantar sempre com o pé direito, entrar num elevador de determinada maneira, repetir determinados gestos;
  • Tocar ou contar objetos.

O tratamento mais eficaz consiste de uma associação entre duas modalidades: medicamentos (antidepressivos que inibem a recaptação da serotonina aumentando sua disponibilidade no cérebro) e terapia cognitivo-comportamental (TCC), razão pela qual em todo mundo muito se pesquisa ainda para conhecer melhor a etiologia do TOC e desenvolver métodos mais eficazes de tratamento.

Por Eduardo Blumberg

T:712

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s